Sexta-feira, 19 de julho de 2024

Missão internacional avalia danos culturais causados por enchente no Estado

Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em parceria com a Secretaria da Cultura (Sedac) e o Ministério da Cultura, iniciará na quarta-feira (10) uma missão internacional de emergência. O objetivo é percorrer diversas instituições culturais do Estado para avaliar os danos causados aos bens culturais e arquivos, além de apoiar a recuperação dos acervos e coleções afetados pela enchente.

O lançamento da missão ocorrerá às 17h, no Palácio Piratini, com a presença do governador Eduardo Leite, da secretária da Cultura Beatriz Araujo, e da diretora e representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto. Após a apresentação dos detalhes, haverá uma entrevista coletiva para a imprensa.

A missão é financiada pelo Fundo de Emergência do Patrimônio da UNESCO e contará com a participação da historiadora e arqueóloga Andrea Richards, de Barbados, e do socorrista cultural Samuel Franco, da Guatemala. Os especialistas permanecerão no Estado até o dia 19 de julho, com ações previstas para ocorrer até dezembro.

A iniciativa busca preservar e restaurar o patrimônio cultural do Estado, afetado pela recente enchente.