Quinta-feira, 18 de julho de 2024

As dores de cabeça do técnico Renato Portaluppi

O Grêmio tem uma partida difícil contra o Flamengo na quinta-feira, no Maracanã, pelo Brasileirão. Este jogo é um problema para o comandante gremista, tendo em vista que perdeu seus principais jogadores ofensivos para encarar o seu ex-clube. Renato tem, pelo menos, três desfalques confirmados no ataque: Soteldo, na seleção, Gustavinho, suspenso, e Diego Costa lesionado. Deste modo, a grande pergunta é: quem formará o ataque tricolor?

A tendência, por óbvio, é ter JP Galvão na vaga do centroavante, tendo em vista o prestígio que ele tem com Portaluppi, apesar da torcida não gostar nem um pouco do desempenho dele nesta temporada. Por outro lado, para a vaga de Soteldo, abre-se um leque de opções: Nathan Fernandes, Galdino e Edenilson disputam uma vaga entre os titulares, já que Pavón está confirmado pelo outro lado. A titularidade vai depender muito da maneira que o Grêmio vai se portar na partida, pois se pretender atacar Nathan é a melhor opção. Entretanto, eu não vejo um tricolor indo para cima do Flamengo no Rio de Janeiro, por isso acredito na titularidade do Edenilson. O volante tem uma caracterísica que agrada muito Renato: A velocidade e chegada na frente. Deste modo, pela primeira vez com o time completo, ele poderá ser testado de fato na função que o comandante tanto queria.

Não sei a forma que o tricolor deseja enfrentar o Flamengo, mas Renato terá uma noite difícil no Maracanã. Apesar dos desfalques, Tite tem um time muito superior e peças de qualidades para desarmar o sistema defensivo gremista. Se conseguir um empate com o Flamengo, é um resultado positivo, dentro das atuais circunstâncias, mas no campeonato, é ruim.