Domingo, 16 de junho de 2024

Porto Alegre tem segundo hospital de campanha funcionando

Começou a funcionar nesta segunda-feira (20), o segundo hospital de campanha instalado em Porto Alegre por causa das cheias. A estrutura tem capacidade para atender até 300 pessoas por dia, possui consultórios, oito leitos de maior complexidade, com eletrocardiograma, mais dois leitos com respiradores. Instalada junto ao Pronto Atendimento da Bom Jesus, na Zona Leste, a iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e o Exército Brasileiro.

Conforme o tenente coronel médico Maurício Specterow, a estrutura veio de Recife (PE), a partir do Comando Militar do Nordeste. A equipe é composta por dez profissionais de saúde do quadro militar, sendo sete de Bagé e três de Recife. “De acordo com a avaliação médica, os pacientes podem ser liberados ou, conforme a necessidade, utilizar um dos leitos da sala amarela ou vermelha, para casos mais graves”, explica o tenente.

O acesso é por livre demanda, sem agendamento, das 8h às 20h, nos sete dias da semana. A estrutura foi aprovada por Adriana Rocha, 49 anos, e a mãe Marilene Lopes, 64, que buscaram consulta médica nesta manhã. “Achei a iniciativa ótima, pois os serviços de saúde estão cheios e isso dá um reforço no atendimento”, diz Adriana.

O coordenador municipal de Urgências da SMS, Paulo Bobek, reforça que a ideia é não apenas dar suporte ao atendimento dos abrigados da enchente, mas dar conta da própria expansão de atendimentos da Operação Inverno. “Pela sazonalidade, acabamos atendendo mais pessoas com doenças respiratórias, além de doenças de veiculação hídrica, como hepatite A, leptospirose e até o risco de tétano em quem se feriu na fuga da enchente”, afirma.