Sexta-feira, 19 de julho de 2024

O retorno das vitórias

O Grêmio voltou a atuar no RS depois de 71 dias longe do seu torcedor. Renato, bateu tanto na tecla da saudade, que mesmo com frio de Caxias do Sul, o time conseguiu vencer o Fluminense e sanar a sequência de maus resultados no Campeonato Brasileiro. A atuação ainda não foi a melhor, mas foi o suficiente para agradar os 8mil gremistas que estiveram presentes no Estádio Centenário.

Tinha tudo para ser um grande jogo, tendo em vista que as duas equipes vão se enfrentar pelas oitavas de final da Libertadores da Améria. Entretanto, a realidade é bem diferente: os times entraram em campo para ver quem dormiria na lanterna do Brasileirão. A partida marcou uma mudança tática no time de Renato, o tricolor entrou sem centroavante e com Edenilson entre os 11 iniciais. A alternativa, fez o tricolor marcar mais e ter mais preenchimento no meio de campo, com uma facilidade maior para criar jogadas ofensivas.

O Fluminense pouco produziu e vimos um tricolor, com o apoio da torcida, fazer a diferença. Gustavo Nunes teve um bom desempenho, conseguiu, mais uma vez, assumir um protagonismo com dribles e chances de finalização.  Podemos pontuar como uma vitória do alívio, pois foi importante para o tricolor sanar a sequência ruim e dar tranquilidade para iniciar a semana. A recepção em Caxias foi a base de protesto, mas a saída foi de festa pelos três pontos conquistados. A vitória não é sinônimo de paz, mas sim de um início de semana mais leve para os lados do Humaitá.